top of page
Search

As pessoas não se completam...

Olá, bom dia! Tudo bem por aí?


Vamos começar esse sábado falando de relacionamentos??? 🥰


Como anda sua vida afetiva? Como você tem se relacionado com você através das convivências mais íntimas?


Consegue enxergar seu parceiro(a) com o olhar da beleza, bondade, qualidade, parceria, equilíbrio...


... Ou tá no olhar da crítica, maledicência, julgamentos, cobranças...


Respira profundo e deixa passar um filminho das suas relações mais íntimas, mesmo que não tenha ninguém nesse momento, use suas relações mais íntimas familiares ou de amizade.


Em minha experiência de vida e também de consultório tenho a oportunidade de aprender e compartilhar a cada dia as experiências de minhas relações e o que fica mais claro pra mim a cada dia é que só crescemos através do outro, pois o outro é um espelho, um referencial do que temos dentro de nós de bom ou ruim.


Muitas vezes é insuportável sermos nós através do outro e quebramos o espelho para não enxerga, ao invés de nós reconhecermos e mudarmos.


Vamos nos levar do exercício físico de ao apontar o dedo para o outro 👉, temos três apontados para nós e um para o universo nos lembrando o céu, a positividade, o alto, ou seja, a possibilidade de focarmos nesses três dedos voltados pra nós, para nos perguntarmos. O que eu estou sentindo com o que o outro está fazendo? Porque estou sentindo isto? O que EU preciso fazer ou mudar para não sentir mais isso?


Quando nos exercitamos em nos mudar, é muito provável que o ajudamos o outro a mudar também, ou que não percebamos mais o padrão do outro. 😃


Então... Ao invés de no primeiro momento usar o outro como muleta, desculpa dos pesos e infelicidades da sua vida, use-o com amor, reconhecimento e respeito de como ele é, para poder se enxergar, se amar e se resig


nificar nas partes ainda inconscientes de você 🤔😉


Quando conseguimos fazer isso é maravilhoso, aí sim estamos nós curando através das relações.


E lembre-se não existe perfeição na terra, estamos aqui para viver essa dualidade, e cada um, ir vencendo suas partes ainda não desenvolvidas e desiquilibradas para achar o seu ponto de viver melhor a cada dia.



Durante essa viagem que é estar aqui, vamos aproveitar cada paisagem. Nada é bom ou ruim, tudo faz parte do processo de desenvolvimento de cada um. O crescimento é único e individual, mas nos encontros estão as grandes possibilidades de nos transbordarmos e também descobrirmos novos talentos.


Vamos aproveitar cada momento...


Se já encontrou esse alguém, vai se exercitando de uma nova forma, se ainda não encontrou, expanda seu olhar e se disponibilize, pois o universo nos trás o que precisamos para nós reconhecermos e evoluir.


Ótima sábado pra nós! 🙌💜🌿



Texto copiado da página que sigo no Facebook "Nova Terra Nascendo"


As pessoas não se completam.


As pessoas, se ensinam, se auxiliam, se despertam, se acrescentam, se transbordam, se complementam!



Mas ninguém completa ninguém!


Você não vai encontrar alguém que vai lhe fazer feliz.


Mas pode encontrar uma pessoa que aceite compartilhar a felicidade contigo, e mostrar que ter um companheiro de jornada é um motivo que também pode lhe fazer sorrir.


Você não vai encontrar alguém que te pegue no colo e caminhe por você.


Mas pode achar alguém que lhe dê as mãos e aceite encarar os desafios dessa vida do seu lado.


Você não vai encontrar alguém que assuma os seus problemas.


Mas pode se deparar com uma pessoa que lhe ajude a despertar seus dons e que te dê forças para superar os obstáculos do caminho.


Você pode em algum momento encontrar alguém bom, sincero, maduro e que lhe dê muito amor.


Só não transfira para essa pessoa a responsabilidade de cuidar de você, não use o amor dela para se esquecer do próprio e não a coloque no centro de sua vida, porque esse lugar só cabe a você mesmo.


Pois não esqueça:

Você não vai encontrar alguém que vai lhe completar!


As pessoas podem chegar em sua vida para lhe ensinar ou acrescentar, transbordar a sua inteireza, mas jamais assumir o protagonismo que você tem com sua própria existência.


E quando a gente entende que ninguém completa ninguém que paramos de procurar por metades e ficamos prontos para receber pessoas que sabem que são inteiras e que estão dispostas a somar em nossas vidas."

0 views0 comments

Recent Posts

See All
bottom of page