Search

Eu a escolhi, Você me escolheu!

Updated: Dec 16, 2021

Esse ultimo mês, decidi voltar ao meu passado para reviver fases da minha vida que na correria do dia a dia, fomos deixando acumular coisas.


Pela numerologia estou vivendo um ano pessoal 9, encerramento de um ciclo. Então, eu tenho revisitado cada gaveta, cada armário, cada caixa e pasta de documentos de cada cantinho da minha casa.


Energeticamente, significa que estou acessando cada cantinho dentro de mim para abrir mão ou re-significar memorias, sentimentos e atitudes que não me servem mais.



Ontem revendo pastas de documentos, encontrei no quarto do meu filho a pasta que estava escrito (documentos do Geovanni), ali tinha papeis desde o resultado positivo da gravidez, até os dias de hoje.



Uma pasta, uma pequena pasta que abriu memorias maravilhosas dentro de mim, e me fez recordar 22 anos. Foi uma viagem ao túnel do tempo. Confesso que mexeu muito comigo. Só o dia de ontem daria pra escrever um livro, mas nesse texto de hoje sera apenas um capítulo. rsrsrs


Eu acredito que a alma de um filho escolhe seus pais para nascer, mas a escolha da mãe tem uma conotação especial no que diz respeito ao AMOR. Em meu acreditar, a alma cria um plano de vida com infinitas possibilidades de evoluir. Ao decidir onde quer nascer, ela está ciente das suas experiências, memórias e dos acordos anteriores que fez antes de encarnar na Terra. Quando uma alma decide retornar, ela escolhe os pais que deseja ter, e o que espera aprender e viver durante essa nova oportunidade na vida.


E lá onde essas almas se reúnem para dar um novo corpo àquela parte de Deus que vem a este mundo, essa energia divina se junta com a desses novos pais e cria um vínculo profundo, inquebrável e ao mesmo tempo libertador.


Para mim, nossos pais representam o passado da trajetória do nosso espírito e nossos filhos representam o futuro. É por isso que sou grata por ter um filho, sinto-me feliz por uma alma ter decidido entrar na minha família, que decidiu carregar o seu próprio sangue e aprender comigo.


Durante muito tempo e até mesmo nos dias de hoje, ainda em alguns momentos não me sinto preparada para criar um filho, mas Deus não pediu minha opinião, ele simplesmente acreditou que eu podia e me concedeu essa graça.


Em cada alma, tem uma sabedoria divina, tem uma chispa divina que sabe o que precisa para se desenvolver no ambiente onde decidiu encarnar.


Um simples arrumar de pasta de documentos e uma grande alegria ao revisar as memorias de dar a vida, de sentir o milagre de ter um filho, de possibilitar a uma alma ter um novo caminho que se inicia desde o momento da concepção, e divagar pelos muitos desafios, cuidados especiais, amor e espera.


Lembro-me que em minha arrogância eu dizia, EU DOU CONTA SOZINHA... E hoje, rogo a Deus todos os dias para não me desamparar, pois sei que meu filho, está meu filho, mas é só um irmão de jornada, e eu como uma irmã mais velha, posso dar exemplos, posso cuidar, nutrir, acolher, mas não comandar. Ele é responsável por sua história.


Desde o momento que descobri a possibilidade de estar grávida, eu conversava com ele em meu ventre, e dizia: não sei se você está aí, se realmente estou gravida ou não, mas quero que saiba que estou com medo, muito medo, não sei como sera isso, mas tenho certeza que vai dar tudo certo. Se você estiver aí mesmo, se realmente eu estiver gravida, você vai nascer, eu vou ser sua mãe. E vamos fazer o nosso melhor. Prometo!


Hoje faz um ano que minha mãe partiu aqui da terra, em meu acreditar, faz um ano que deixei de ser filha, para me tornar apenas uma mulher, uma mãe.


Cada um de nós tem uma razão para viver... Eu venho descobrindo dia após dia minhas motivações, hoje a minha principal é ser um bom exemplo para meu filho. Um exemplo de amor, de cuidados, de ética e principalmente de respeito a sua liberdade para experimentar e descobrir sua vida aqui.


Filho, sua alma decidiu qual família podia ajudá-lo a cumprir sua missão de vida, e eu sei que ela vai direciona-lo para aprender o que é necessário para cumpri-la.


Meu trabalho aqui é ser seu porto seguro. Embora o caminho seja as vezes difícil, há momentos bons e momentos tristes, mas o segredo é saber que passar e que sua melhor escolha é com certeza o seu melhor daquele momento. Faz parte da sua história e vai te formando a cada dia.


Eu nunca me arrependi do que vivi para ver você crescer. Meu coração sabe que o meu melhor vai te ajudar a se tornar o seu melhor, pois eu fui escolhida para a maior missão da minha vida, dar um corpo físico a sua alma, que assim como eu tem uma missão linda a ser descoberta.


Sigo aqui mexendo em cada pastinha e armário da casa e cada pedacinho dentro de mim.

Nossa vida é um livro, cada dia uma nova oportunidade de escrever um novo capítulo e re-significar as memórias que a vida trás.


Hoje em especial homenageio minha mãe, que há um ano cumpre sua nova história em outro plano e agradeço ao meu filho, que me escolheu como mãe e irmã mais velha de jornada na Terra. Me sinto honrada desta tarefa tão difícil e tão linda, onde vou tentando me melhorar, para ser o melhor exemplo e base que ele precisa para trilhar sua própria jornada a cada dia.


Te amo mãe, te amo filho, sinto o amor em mim...



Novembro de 2019 - Ultima foto que tiramos juntos - Amor Incondicional.


112 views0 comments

Recent Posts

See All